27.1.07

Sábado

Há quatro meses que o meu sábado se resume a estar oito horas fechada num espaço limitado, com paredes pintadas de verde, a compactuar com o consumismo exagerado que se vive nesta cidade.Saio da loja cansada e deprimida....e verde (por causa do reflexo das paredes...é que passado oito horas, já vejo tudo e todos verdes, vejo-me ao espelho e também me vejo verde..). Começo a subir a rua em direcção a casa. Olho à minha volta, e lentamente as coisas vão voltando à sua cor. Estou em Barcelona e é sábado, e isso vê-se, ouve-se e sente-se. Apetece-me ficar ali e disfrutar, mas hoje o cansaço fisíco, a fome e o frio obrigam-me a ir para casa, mas já não me sinto deprimida.
Melhores sábados virão...

3 comentários:

Kata disse...

Os sábados são aquilo que fazemos deles, apesar de neste caso serem as responsabilidades a fazer dos sábados o que são. Que eu possa ajudar a torná-los menos verdes ao fim do dia! :)

Quando a hora mudar tudo mudará também!

alice disse...

Olá Maria!
Os sábados verdes em breve tornar-se-ão verdes água
Já está entregue o beijinho à Camila.
beijinho++++++

Maria disse...

obrigada:)